terça-feira, 25 de agosto de 2015

Cinco mitos das entrevistas de emprego

Ao seguir dicas como "vista isso", "faça aquilo" e "diga tal coisa" podem causar um problema maior do que você imagina

Foto: Thinkstock
Entrevistas de emprego estão entre as situações que mais exigem regras de comportamento e etiqueta. Fale isso e não fale aquilo, vista isso e não vista aquilo. A tendência é que o candidato a uma vaga ouça uma série de conselhos vindos de todos os lados antes de encarar um gestor em uma sala de reunião.

O problema é que algumas das "regras" descritas por pais, amigos, familiares e, inclusive, muitos analistas de recursos humanos não passam de mitos.

O site Fast Company listou cinco considerações que os candidatos a um novo emprego não deveriam tomar como verdade. As dicas são baseadas em opiniões de especialistas.

Confira a lista.


Vista-se para o trabalho que deseja

O problema na hora de escolher a vestimenta correta está em acreditar seriamente que um terno é a solução. Muitas empresas têm políticas diferentes e preferem dar espaço à casualidade.

Estar com uma gravata no pescoço e o blazer abotoado pode mostrar que o candidato não está habituado com as políticas da empresa, o que não significa dizer que chinelo de dedo ou tênis são opção.

Roupas muito informais devem, de fato, ser evitadas. Há pesquisas, aliás, que garantem aumento da confiança ao usar determinadas peças de vestuário formal.


Transforme sua fraqueza em força

Usar um de seus pontos fortes como se fosse uma fraqueza pode não ser uma boa opção. Dizer que você é exigente, por exemplo, não demonstrará sua capacidade de auto-avaliação.

É preciso mostrar que, ao falar de suas fraquezas, você fez uma reflexão prévia sobre si mesmo, sendo capaz de analisar sua atuação no trabalho.

“Seja confiante no fato de que esta fraqueza não te faz menos que um grande candidato e mostre que você está trabalhando nisso. Conte ao recrutador como”, afirma Russell Reynolds Jr., em seu livro "Heads: Business Lessons From an Executive Search Pioneer" (sem tradução no Brasil).


Nunca fale sobre valores

Muitos recrutadores irão questionar o salário pretendido durante a entrevista. Concentrar-se no fato de que isso pode colocar o candidato em uma cilada não é a solução.

O melhor a fazer, segundo Victoria Crispo, coordenadora do Idealist Careers, é ter em mente uma resposta caso você sinta-se arrependido da cartada inicial. Use algo como: “depois de conversar com o senhor e entender as necessidades da empresa, o salário que desejo é...”. Isto deve ser seguido de aspectos já mencionados na entrevista, como o esforço que será despendido na execução das ações e tarefas.


Encontre uma forma de se encaixar

É comum que o candidato procure por tópicos ou características que Irão convencer o recrutador de que ele tem o perfil ideal para a vaga. Falar o que não condiz com suas habilidades e objetivos pode levá-lo a se comprometer com ações que normalmente não seguiria.

O ideal, de acordo com Brittney Oliver, que passou por mais de 100 entrevistas de emprego mal sucedidas, é saber previamente se a política da empresa condiz com seus objetivos e apresentar durante o processo aquilo que é considerado adequado para você.


Nunca admita antigas demissões

O entrevistado, normalmente, tem receio de admitir demissões em sua carreira ou contar as reais causas que levaram a isso. No entanto, o número de dispensas nas empresas tem sido muito maior nos últimos anos e é comum que você tenha passado por uma experiência com duração inferior a dois anos.

Uma comunicação tranquila e aberta durante este momento da conversa, sem contrair o corpo por medo de expor suas falhas, pode ser usado a seu favor.


Fonte: ÉPOCA Negócios 

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

MEC prorroga até amanhã prazo para concluir inscrição no Fies

O Ministério da Educação (MEC) prorrogou o prazo para que os estudantes pré-selecionados para a segunda edição de 2015 do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) concluam a inscrição na internet, no SisFies. A conclusão da inscrição poderá ser feita até amanhã (25). O prazo inicial tinha se encerrado no domingo (23).

Ao acessar o site, o estudante deve clicar na opção Conclua sua inscrição. Após a conclusão no SisFies, o estudante precisa validar as informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento da instituição de ensino em até dez dias, contados a partir do dia seguinte ao da conclusão da inscrição.

Por fim, deve comparecer a um agente financeiro do Fies em até dez dias, contados a partir do terceiro dia útil seguinte à data da validação das informações pela Comissão de Supervisão e Acompanhamento.

O Fies financia cursos superiores em instituições privadas de ensino superior. Os estudantes têm até três anos depois de formados para quitar o empréstimo. Ao todo, serão ofertadas 61,5 mil vagas.

Ao longo do curso, os alunos pagam parte da mensalidade de acordo com a faixa de renda familiar. Todos os beneficiados pelo Fies têm 5% de desconto nas mensalidades dos cursos.


Por: Yara Aquino - Repórter da Agência Brasil
Edição: Maria Claudia


Fonte: Agência Brasil

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Convite do CRA-MG: Palestra - Ética, organização e indivíduos - 08/09/2015


quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Atenção!!! Oportunidade de Estágio - Coromandel

Oportunidade para estagiar em uma Instituição Financeira.


Vaga: Estágio

Requisitos:

* Ensino superior - cursando a partir do 3º período até o 6º período em: Administração, Economia, Ciências Contábeis, Marketing, Publicidade e Propaganda, Relações Públicas e Comunicação;
* Experiência com atendimento ao cliente;
* Horário de trabalho: De segunda-feira a sexta-feira - 10h00min às 16h15min.
* Salário: R$ 1.796,45 + 571,10 refeição + vale transporte;
* Atividades a serem desenvolvidas: atendimento ao público, orientar os mesmos quanto aos serviços disponíveis, bem como fornecer suporte a serviços do banco.

Local de Trabalho: COROMANDEL - MG

OBSERVAÇÃO: os interessados devem encaminhar o currículo para: loreny.claudio@randstad.com.br.
Gentileza colocar no assunto: ESTÁGIO - COROMANDEL - MG.

Participe da Pesquisa Nacional - Sistema CFA/CRAs!!!